A História de Uma Semi-deusa

Ir em baixo

A História de Uma Semi-deusa

Mensagem por iris.costa em Ter Jul 17, 2012 1:55 pm

Capitulo 1 – Descubro minha verdadeira identidade


‘’Que lugar é esse? ‘’- falo comigo mesma. O lugar é escuro, só escuto o som do mar e da chuva. Tento Gritar mas não sai nenhum som. Começo a correr cada vez mais rápido, até que chego em um poste de luz antigo, olho para os lados, não tem ninguém. ‘’Porque estou aqui?’’ - falo gritando. Sinto uma mão em meu ombro e começo a me desesperar. ‘’Você demorou muito minha cara, mas você chegou isso é o que importa. Agora vamos começar o jogo.’’ Me viro e vejo um homem encapuzado indo a uma jaula, enquanto ele vai até ela eu tento correr mas não consigo me mexer. Penso no o que ele quis dizer com ‘’vamos começar o jogo’’. O homem começa a abrir a jaula e de dentro dela sai um leão dourado, com olhos vermelhos como sangue e seu corpo é duas vezes o tamanho normal.
‘’Pega’’ - grita o homem. Então o leão sai correndo em minha direção. ‘’Como como eu saio dessa?’’ penso. ‘’Retire o anel de seu dedo’’. De quem é essa voz? Mas obedeço quando tiro o anel de meu dedo ele se transforma em uma espada de 80 cm, sua lamina é negra e o punho prateado. O leão continua a correr em minha direção, agora ele está a menos de dois metros. Ergo minha espada negra e vejo o leão desviando, logo após o seu desvio ele contra ataca e consegue acertar meu braço com uma de suas patas fazendo cinco rasgos em meu braço e também acerto sua barriga e ele para de atacar, ataco outra vez cortando seu pescoço e vejo ele virando pó. Caio de joelhos no chão e o homem encapuzado se aproxima. ‘’Parabéns, você é uma ótima guerreira Íris, você conseguiu derrotar o leão de Nemeia’’ – disse o homem encapuzado me dando um soco na barriga e acabo desmaiando.
‘’(...) ela teve sorte de ter sobrevivido, não é qualquer um que luta com um Leão de Nemeia e sai vivo... (...) – disse uma voz de homem ‘’ Eu sei disso...’’ – diz outra voz, só que uma voz de garoto. Me levanto tonta vou rumo as vozes, chegando lá vejo quem estava conversando, um homem de meia idade, de cadeira de rodas com olhos e cabelos castanhos. O garoto deve ter a minha idade mais ou menos 13 anos, ele tem olhos e cabelos castanhos escuros e ele carrega um escudo e uma espada dourados, o garoto usava uma camisa laranja escrita Acampamento meio-sangue. Quando me encosto na porta eles param imediatamente de conversar, os dois ficam me encarando por um tempo até que o homem diz : ‘’ você não deveria ter levantado’’ – você lutou com um leão de nemeia, quase ninguém sobrevive’’ – completou o garoto.
‘’O.K, quem são vocês, onde estou, como cheguei aqui, e como sabem que eu lutei com um leão de nemeia?’’ - perguntei em um tom grosseiro.
‘’Bom’’ – começou o homem na cadeira de rodas – Iago te achou em uma praia, ele estava em uma missão procurando semideuses perdidos como você, até que passou por lá e te achou, viu também a jaula mas não sabia o que havia dentro dela, ele veio de volta e te trouxe para cá, nós sabemos com o que você lutou pois você falou enquanto dormia sobre ter lutado com um leão de nemeia, o Acampamento Meio-Sangue que é o lugar onde pessoas como você ficam no verão ou no ano todo. Meu nome é Quíron.’’ ‘’ Meu nome é Iago, sou filho de Hefesto e tenho 13 anos. Quíron vou indo para o chalé’’ – Quíron fez que sim com a cabeça e Iago saiu e fechou a porta lentamente.
‘’ Íris me diga você se lembra de algo que aconteceu ontem a noite?’’
‘’ Sim’’ – contei tudo à ele, menos a parte da voz que me disse como usar o anel.
‘’ Bom, esse homem só disse isso e nada mais?’’ - perguntou ele em um tom preocupado. Fiz que sim com a cabeça e logo ele mudou de assunto – ‘’ vamos conhecer o chalés então, me espere ali na varanda’’ Passando-se mais ou menos dez minutos Quíron chegou em sua forma original, ele era um garanhão branco, da cintura para baixo e da cintura pra cima era um um homem normal de meia idade. ‘’ vamos começar?’’ – perguntou ele.
‘’ Vamos ‘’ ‘’ Bom aqui começam os chalés, esse é o Chalé 1, chalé de Zeus deus dos Céus, o segundo chalé é o de Hera, o terceiro de Poseidon Deus dos Mares, o quarto é de Deméter Deusa da Colheita e mãe de Perséfone, o quinto de Ares deus da Guerra, o sexto de Atena Deusa da guerra justa e estratégia de batalha, o sétimo é de Apolo Deus do Sol, o oitavo de Ártemis Deusa da caça e da Lua, nono chalé de Hefesto Deus dos ferreiros, décimo chalé de Afrodite Deusa da Beleza e do amor, décimo primeiro chalé de Hermes Deus mensageiro e Rei dos Ladrões, décimo segundo chalé de Dionísio Deus do Vinho e das Festas e por ultimo o chalé de Hades deus dos mortos e mundo Inferior. Aqui acabam os chalés, você irá ficar no chalé de Hermes onde ficam seus filhos e semideuses indeterminados.’’
‘’O.K, já estou indo então.’’ Quando cheguei lá, todos as conversas pararam e todos olharam para mim como se eu fosse uma aberração, até que chegou um garoto de olhos e cabelos negros e disse : ‘’Olá, meu nome é Damon, sou conselheiro do chalé, bem vinda ao chalé 11 e ao acampamento, você é?’’
‘’Meu nome é Íris tenho 13 anos e obrigada’’ ‘’Bom como você pode ver esse chalé é o mais cheio, então você terá que dormir em um saco de dormir ali atrás daquele beliche, ok?’’ – disse ele sorrindo ‘’ O.K, que horas é o jantar?’’
‘’ Às sete horas’’ Entrei no chalé e várias crianças foram me dando boas vindas até que conseguir chegar no meu saco de dormir e me sentar no chão, vi que tinha um colar em meu pescoço, o pingente era metade de um coração. Fiquei parada olhando até que um garoto que estava na cama de cima falou : ‘’belo colar’’ – disse ele sorrindo, com isso levei um susto e o guardei rapidamente em baixo da camisa – ‘’você ainda não está com a camisa do acampamento, quer que eu te leve até a loja para comprar? Ah e meu nome é Henrique.’’
‘’Tudo bem, vamos. Sou Íris’’ Compramos a camisa, logo em seguida todo o chalé estava se preparando para o jantar. Chegando lá Quíron estava em pé ao lado de uma fogueira enorme que o seu fogo mudava de cor as vezes. Vou o mais rápido possível para a mesa do chalé, mas quando acabo de sentar Quíron começa a falar : ‘’ Hoje é um dia especial pois temos uma nova semi-deusa aqui conosco. Ela enfrentou um Leão de nemeia . Vamos dar nossas boas vindas à Íris’’ – todas as mesas aplaudiram menos a de Ares (como já era de imaginar) mas algo azul com forma de raio acima de minha cabeça começou a brilhar e agora até o chalé de Ares aplaudiu. O conselheiro do chalé 11 me puxou da mesa e me levou até uma mesa vazia que era a mesa do chalé 1. Quíron foi até lá e me explicou sobre as oferendas aos deuses, então me levantei e fiz a minha ‘’Zeus, pai, como eu posso ser sua filha? Sou um fracasso em tudo o que eu faço! Mas mesmo assim obrigada por me reclamar.''
avatar
iris.costa
Iniciante

Data de inscrição : 19/06/2012
Mensagens : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum