A sombra dos escolhidos

Ir em baixo

A sombra dos escolhidos

Mensagem por iRanger em Seg Jul 11, 2011 5:44 pm

Cáp. 1 – A Aventura Começa

Era uma manhã gélida de inverno na cidade de Pallet, mesmo com o extremo frio, seria uma manhã importante na vida de Ryuuku – Um garoto que completou 10 anos neste dia, ele possuía cabelos castanhos, olhos verdes e normalmente trajava um boné preto, camisa polo branca, calças jeans e um par de all
stars converse pretos -. Ryuuku acordara super ansioso e descera para tomar o café da manhã, como o esperado, sua mãe já havia preparado o
café. Enquanto Ryuuku estava se vestindo ela grita.

Monny: RYUUKU! Acorde! Você irá se atrasar!
Ryuuku: Está bem, mãe! Já estou descendo.
Ryuuku desce, se senta a mesa e começa a comer.
Monny: Tem certeza que não esqueceu nada.
Ryuuku: Tenho. Não sou mais uma criancinha mãe, não precisa ficar falando essas coisas.
Monny: Está bem – chorando – Preciso me acostumar com esta realidade. – Remexe em sua bolsa e encontra algo – Aqui está! – Entrega a Ryuuku uma
bolsinha com um pouco de dinheiro e um mapa de como chegar ao laboratório do Professor Carvalho – Boa sorte, filho!

Ryuuku: Obrigado, mãe! – Pega as coisas e coloca dentro de sua mochila – Acho que já está tudo pronto. Adeus, mãe!
Monny: Adeus! – Chorando enquanto acena –
Ryuuku monta em sua bicicleta e segue em direção ao laboratório. No caminho para o local destinado ele encontra um velho com uma vara de pesca.
Velho: Bom dia, garoto! O que você faz na estrada tão cedo?
Ryuuku: O senhor sabe se estou no caminho certo para o laboratório do Professor Carvalho?
Velho: Hmm... – Olhos brilhando – Vejo que está indo a procura de seu primeiro Pokémon. Lembro até hoje de meu primeiro Pokémon, foi há muito tempo,
mas lembro como se fosse ontem.

Ryuuku: E qual foi seu primeiro Pokémon, senhor? – Vizualiza coisas estranhas dentro da bolsa do velho – E o que seria isto dentro da sua bolsa?
Velho: Ah... Meu primeiro Pokémon foi um lindo ... – Começa a correr – Estou atrasado! Adeus.
Ryuuku: Que velho louco. Vou continuar minha caminhada.
Ryuuku continua sua caminhada até o laboratório. Ao entrar no laboratório percebe que o mesmo estava totalmente revirado e não havia sinal de uma
alma viva no local. Ryuuku fica começa a procurar alguma coisa que pudesse ajudá-lo sobre o paradeiro do professor Carvalho e sobre o que
acontecera no local, foi então que ele encontra uma coisa, embaixo de uma mesa havia um eevee machucado, mas o eevee não tinha as cores
normais, parecia um cinza com branco. Por impulso Ryuuku pega o eevee em seu colo, mas ele rejeita, parecia que ele havia visto
tudo o que acontecera. Ryuuku olha em volta e vê que não havia nenhuma pokébola, nem nada, só havia papéis, então porque eles deixaram o
eevee...

Ryuuku: Eevee, não irei te fazer nenhum mal, por favor, deixe-me cuidar de você.
Eevee: Ee... vee – Com quase nada de voz –
Ryuuku: Vamos, vou levá-lo a um local onde você possa se curar.
Eevee: Ee... vee – Começa a andar cambaleando até um aparelho vermelho e remexe a cabeça em direção ao aparelho –
Ryuuku: O que será isto? – Pega o aparelho, o abre e começa a remexê-lo – Será como que isto funciona?
Eevee: Ee... vee – Anda até outro local e começa a remexer a cabeça –
Ryuuku: Obrigado eevee – Remexe na caixa de arquivos em que eevee apontara e acha um arquivo – Pokédex, este é o nome deste aparelho. Aqui está todas
as informações que eu irei precisar – Coloca o aparelho na mochila - Agora preciso levá-lo ao Centro Pokémon. – Pega o eevee no colo –

Eevee: Ee... vee – Se aconchega no colo de Ryuuku.
Ryuuku monta em sua bicicleta e começa a pedalar que nem louco para chegar ao Centro Pokémon mais perto.
O que será que irá acontecer? Ele conseguirá salvar o Eevee? O que aconteceu ao Professor Carvalho e seu laboratório? Quem será aquele velho? Descubra no Próximo Capítulo.

iRanger
Membro

Data de inscrição : 05/07/2011
Mensagens : 36

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum